Já posso opinar: Protetor Solar Bioré Aqua Rich

Pele oleosa. Um dos maiores problemas de beleza que as brasileiras enfrentam – salvo raras exceções – e que piora muito quando o assunto é protetor solar. Mas eu tenho a solução, ladies!

Cê tá cansada de andar por blog atrás de blog quando lê que o protetor é “ótimo pra pele oleosa” e se frustrar depois de comprar um protetor que simplesmente não é ótimo pra pele oleosa? Já se frustrou comprando filtro solar $caro$ e o deixou encostado na penteadeira? Não liga pra essas falsas falando que o protetor tal serve pra pele oleosa não. Elas não sabem o que é ter pele oleosa de verdade.

 

 

Mas eu sei! E depois de me frustrar comprando o Neutrogena Dry Touch (nada contra, só não serviu pra mim!) resolvi investir num asiático: Bioré UV Aqua Rich!

Bioré Aqua Rich
Bioré Aqua Rich

Demorei falar dele porque estava com preguiça esperando acabar a primeira bisnaga pra ter uma bagagem maior de conhecimento pra falar pra vocês. Mas ó! Economizei tanto no fim do coitado que o segundo chegou antes do primeiro acabar hahahaha

PicMonkey Collage

O Bioré UV Aqua Rich possui proteção UVA e UVB, tem SPF 50+ PA+++ e vem numa bisnaga de 50 gramas (para fins de comparação a maioria dos filtros solares faciais tem essa quantidade). Tem um ponto ruim que é “onde está a data de validade?” e o resto das informações é em japonês (!!!!!!!!!!!!) mas fora isso tudo bem. É uma embalagem simples, mas passa uma sensação de segurança (do tipo esse protetor não vai oxidar) e pra quem é cuidadosa (virginiana) não faz meleca alguma – a partir do segundo uso, porque da primeira vez que você aperta vem logo um monte, culpa da essência mais líquida. Ah! Ele tem um cheirinho cítrico bem leve que some nos primeiros 5 minutos.

_MG_0014
Aplicador em bisnaga

 

Dá pra ver que a textura é bem líquida, né?
Dá pra ver que a textura é bem líquida, né? Essa foto não ficou das melhores…

Pedi o meu no ebay na época por 25 reais (gente, esse preço eu já falo com frete junto, porque não separo as coisas quando se trata de importar) e ele chegou em 24 dias GENTE QUE ISSO VINTÉ É QUATRÓ DIAS foi um recorde pras minhas muambas comprinhas da China. O irmão mais novo, como nem tudo são flores e o dólar não tá pra brincadeira, saiu por 30 (acho que foi do mesmo vendedor!). Minha experiência foi mais ou menos assim:

Eu abri a embalagem (já embasbacada por ter chegado tão rápido!), desenrosquei a tampa e apliquei uma quantidade ervilha-size na minha cútis……… só pra sentir ela virar um PÊSSEGO FRESQUINHO, SUAVE, DELICIOSO E SEQUINHO. A melhor sensação que eu já tive ao passar um produto facial. Era igual a um primer, só que MELHOR. Tenta imaginar.

Mas até aí eu só tinha certeza de uma coisa: a textura (na embalagem “watery essence // water base” ou algo como “à base de água”) era maravilhosa. Mas prestava? Ou seja, protegia do sol? Será que o fato dele ser SPF 50+ PA+++ (?) garantiria sua eficácia? De fato eu senti uma melhora na uniformidade da minha pele (porém quando comecei a usar o Bioré também adotei uma rotina mais cuidadosa com meu rosto) mas não dava pra saber sobre a proteção em si, uma vez que dizem que o sol que você toma hoje só vai aparecer na sua pele daqui a 10 anos.

Mas aí num dia de sol EIS QUE EU ESTAVA EM CALDAS NOVAS.

6:00 a.m.: passei o Bioré no meu rosto

8:30 a.m.: cheguei a Caldas, o paraíso das águas quentes

9:00 a.m. até 16:00 p.m.: fiquei exposta ao sol sem reaplicar protetor (não levei!) e sem filtro solar nenhum nos ombros ou resto do corpo

21:00 p.m.: refleti se precisava ou não ir ao hospital pois meus ombros estavam pegando fogo

Como meu cabelo é curto (e estava mais curto ainda na ocasião) meus ombros foram a parte mais atingida pelo sol. Minha mãe e minha irmã não tinham passado protetor no rosto, que ficou bem vermelho, quase igual aos meus ombros. E o meu rosto NADA. Nem uma ardênciazinha pra contar a história. A ponta do meu nariz ficou levemente vermelha, mas aquele vermelho sexy de quem tava na praia, sabe? e foi nesse dia que vi o dinheiro que gastei no Bioré assim:

 

 

Detalhe: as queimaduras desse dia no meu ombro foram tão fortes que eu adquiri sardas (pelo menos são fofinhas) que nunca saíram. Ou seja, além da textura perfeita, esse foi o protetor mais potente que já usei. Dizem por aí que pra retirar ele completamente da pele precisa do demaquilante da linha.

O problema de não achar um filtro solar que evitasse que minha pele parecesse uma coxinha de frango recém tirada da gordura é que eu já tava desistindo de usar alguma proteção no rosto. Só aplicava naqueles dias que a gente parece que acordou pra vaidade, sabe? Tipo dia de princesa do Netinho. E pasmem: eu chegava até a passar TALCO por cima do protetor igual pó compacto mesmo hahaha aloka do fantasma da ópera.

Depois do Bioré eu não pulo a proteção solar quase nenhum dia! É tão simples e a pele fica com um aspecto TÃO fresquinho e macio que é um prazer – e não uma obrigação – usar. Observação: nos anúncios sempre tá escrito que tem ácido hialurônico (apesar de no produto não ter essa informação em inglês) então quem tiver alergia não pode usar.

Bioré é na verdade uma marca super completa, cheia de frufrus produtos para cuidados específicos da pele (vários deles inclusive as marcas nacionais ainda engatinham pra desenvolver). Se eu pretendo comprar mais algum? TOTALMENTE; é claro, se eu criar coragem: comprar coisas lá fora demora – minha segunda compra levou uns 3 meses pra chegar -, o que me faz pensar que 30 reais é um pouco demais pra gastar e demorar pra ver o produto, sabe? No shopping a gente compra sem nem ver, né? hahaha

Vou deixar uns links onde vocês podem achar pra comprar:

Ebay

Mercado Livre

O preço dos dois nem está tão diferente (apesar de que no Mercado Livre tem o frete), mas na época que eu comprei compensava bem mais no Ebay.

Até a próxima descoberta de beleza!

Anúncios